Tel.: (11) 4114.8879

Atend.: Seg. a sex. das 9h às 18hs.
Antes de nos consultar, verifique
se atendemos em sua Região.

SACOLA DE PAPEL

Sacolas de Papel

Linha Plus
Sacolas com acabamento diferenciado, agregando mais valor ao seu produto.
Papel com tingimento: offset 180 gr. e/ou Kraft 140 gr. Com impressão 1x1 até 4x4 cores - frente e verso.

Veja fotos
SACOLA DE PAPEL

Sacolas de Papel

Linha Básica – Econômica
Sacolas bem acabadas, funcionais e sem abrir mão de custo baixo.
Papel sem tingimento: branco/duplex 220 gr. e/ou Kraft 140 gr. Com impressão 1x1 cor - frente e verso.

Veja fotos
SACOLA DE PAPEL

Sacolas de TNT

Enforcador
Com cordas embutidas na parte superior para o fechamento e com logotipo impresso do cliente.
Fechamento costura em overloque e/ou reta. Utilizada como embalagem para presente.

Veja fotos
SACOLA DE PAPEL

Sacolas de TNT

Alça de Nylon
Com papelão grosso para o reforço embutido, ilhós metálico e com logotipo impresso do cliente.
Fechamento costura em overloque e/ou reta. Utilizada para substituir a sacola de papel e plástico.

Veja fotos
SACOLA DE PAPEL

Sacolas de TNT

Alça de Gorgurão ou Tnt
Costura reforçada, alça de mão 38 cm ou 70 cm para ombro e com logotipo impresso do cliente.
Fechamento costura em overloque e/ou reta. Utilizada para substituir a sacola de papel e plástico, possui maior durabilidade.

Veja fotos
SACOLA DE PAPEL

Sacola de Papel e TNT sem impressão

Sacolas lisas s/ impressão.
Pedido mínimo 500 peças por modelo

Veja fotos

Conheça nossos produtos

Atender BEM para atender sempre!

Ao longo de nossos 10 anos de experiência, confeccionando Sacolas Personalizadas.
Atuamos em Lojas, Bazares, Farmácias, Locadoras, Papelarias, Pet Shops, Supermercados, Sapatarias, Shoppings, Condomínios, Feiras e Eventos.
Temos uma excelente equipe para lhe atender com total transparência.
Nossa principal preocupação é sua satisfação.




Q.Sustentabilidade
Que tal ajudar o nosso planeta?!

No Brasil, 100% da produção de celulose e papel têm como origem florestas plantadas de eucalipto e pinus.
FONTE: Conselho da Justiça Federal !